top of page
Buscar

Dicas para não errar na hora de investir em imóveis

Atualizado: 14 de abr. de 2022

A econômica brasileira, a expectativa em melhorar nos próximos anos, o que aumenta as possibilidades e oportunidade de novos negócios e desejos de investimento.

As vendas de imóveis no segundo trimestre de 2020 registraram alta de 10,5% em relação ao mesmo período de 2019, segundo dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). Só entre os meses de abril e maio foram comercializadas 31.627 unidades de imóveis. A queda dos juros e a perspectiva de que a economia vai se recuperar entre o médio e o longo prazo levam investidores a procurar opções mais seguras, como imóveis, para diversificação de carteiras.

A aquisição de um imóvel próprio está entre os principais objetivos financeiros de muitas pessoas. Se você é uma delas, provavelmente busca nesse negócio a segurança de colocar o seu dinheiro em algo sólido e com riscos bastante baixos, além de proteger seu patrimônio contra os efeitos da inflação. Considerando o cenário o mercado imobiliário otimista, confirma algumas dicas: Preço Justo

Ao longo dos anos, o mercado imobiliário brasileiro sempre foi alvo de grandes empreendimentos, principalmente pelas características do setor e dos rendimentos que ele foi capaz de oferecer, ótima opção para investir em imóveis, não sendo apenas sendo uma realidade, uma tendência para os próximos anos. Mesmo que o mercado tenha sofrido algumas oscilações em períodos de crise - como a pandemia. Os imóveis tiveram o seu valor de venda reajustado, gerando ótima oportunidade para compra. Aproveite o momento em que os preços estão bem justos. Imóveis com boa localização, em empreendimentos de qualidade.


Renda mensal


Os imóveis podem assegurar aos investidores uma renda mensal via aluguel e essa renda se torna ainda mais valiosa com a queda na taxa de juros.

Menor instabilidade


O investimento do imóvel sofre menos impacto das instabilidades financeiras. Em momentos de crise, quando ativos de renda variável mostram grandes quedas, o preço dos imóveis é pouco afetado.


Rentabilidade

Os imóveis apresentam historicamente uma boa rentabilidade no longo prazo. Quem investiu em imóveis há 10 anos, época em que a taxa de juros era bem atrativa para outros investimentos, teve ganhos superiores a aplicações em renda fixa, por exemplo.

Mesmo em um período de alta taxas de juros e marcado por uma forte recessão econômica, que ocorreu entre 2014 e 2018, a rentabilidade média obtida com investimento em imóveis segundo a Abrainc. Liquidez do imóvel Para o investidor, o importante é analisar a capacidade de ganho e de liquidez de um ativo imobiliário. A liquidez do imóvel representa a velocidade em que pode ser comercializado ou alugado. Quanto maior for liquidez do imóvel mais retorno terá. A liquidez está associada ao valor da venda/aluguel, a estrutura do imóvel, localização e alguns outros fatores do empreendimento.


Benefícios fiscais

Dependendo da forma como você investir, pode obter diversos benefícios fiscais, como deduções com:

  • juros de hipotecas;

  • despesas operacionais;

  • seguros;

  • depreciação.

Para quem vende um imóvel residencial, há isenção de Imposto de Renda se a pessoa usar todo o dinheiro da venda na aquisição de outro imóvel residencial no país em até 180 dias.

Entenda o seu perfil Existe diferentes tipos de investidores com diferentes perfis. Para você escolher o imóvel que combine com você, nós da FLORIPAIMOB. Temos uma equipe de Consultores Imobiliários especializada para atender, oferecemos os melhores empreendimentos comerciais e residenciais na região de Florianópolis e Grande Florianópolis. Entre em contato conosco (48) 98853-5454.

9 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Commentaires


bottom of page